A morte de um rapaz de 17 anos, identificado como Caio Matheus Silva Santos, morador do Bairro da Penha, durante ação policial na manhã de hoje (14), teria sido o estopim para a “sexta do terror” vivida por moradores de Vitória. A informação é do jornal A Gazeta.

Diversos vídeos de Matheus ostentando armas circularam pelas redes sociais nesta sexta.

De acordo com as informações divulgadas pelo site. O rapaz teria sido ferido ao se envolver em uma ação da polícia que aconteceu logo cedo no bairro e não resistiu, morrendo ao dar entrada no Hospital de Urgência e Emergência de Vitória. Matheus teria várias passagens pela polícia e envolvimento com o tráfico de drogas. Diversos vídeos de Matheus ostentando armas circularam pelas redes sociais nesta sexta.

Ainda de acordo com o colunista de A Gazeta, Leonel Ximenes, não se sabe se o tiro que o matou partiu de um policial ou de um criminoso. Após essa morte, criminosos interditaram a Avenida Leitão da Silva e impediram a passagem dos veículos e exigiram que os comerciantes fechassem as portas.

Também interditaram um trecho da Avenida Marechal Campos e quebraram veículos e lojas na região. Outros ataques aconteceram em Maruípe e na avenida Serafim Derenzi. Veja os vídeos.  

Deixe seu comentário