As obras de frisagem do asfalto velho que faz ligação com a ponte de Guarapari para colocação do novo asfalto e que já geraram reclamações em virtude dos acidentes com motociclistas, agora causam uma nova reclamação dos motoristas.

A interrupção de uma faixa da Avenida Ewerson de Abreu Sodré que liga o centro a Muquiçaba causou um verdadeira “travamento” no transito da cidade. São vários engarrafamentos por todos os lados. Alguns motoristas que querem chegar a Muquiçaba e a outros bairros, estão voltando e buscando passar pelo contorno de Meaípe.

A interrupção de uma faixa da Avenida Ewerson de Abreu Sodré que liga o centro a Muquiçaba causou um verdadeira “travamento” no transito da cidade.

Motoristas reclamaram para nossa reportagem que esteve no local agora pela manhã. “É uma absurdo fazer uma obra dessas em pleno verão. Que falta de planejamento. Semana que vem essa cidade vai estar insustentável com a chegada do natal. E com essas obras vai ser o caos total. A cidade vai parar. Que falta de respeito com o cidadão”, disse o Técnico em manutenção, Ademir Lima, que tentava seguir para Vitória.

Alguns motoristas estão voltando e buscando passar pelo contorno de Meaípe.

60 dias. E pelo jeito as reclamações vão continuar, porque de acordo com a prefeitura as obras seriam feitas somente a noite “para que o impacto no trânsito seja mínimo”, mas hoje pela manhã os motoristas foram surpreendidos pelas obras em andamento.

Além disso a prefeitura afirmou ontem ao Portal 27 que “O prazo de execução é de 60 dias, mas, pode haver alteração mediante o fluxo de veículos”. Ou seja, deve durar todo o verão.  

Deixe seu comentário

Comments are closed.