JB Padrão
Câmara de Anchieta
Banner TOP

As obras do tão sonhado Hospital e Maternidade Cidade Saúde estão paralisadas mais uma vez. A empresa notificou os funcionários hoje, através de uma ata lida pela engenheira responsável. As obras foram paralisadas, de acordo com a ata lida, devido a falta de repasse. Segundo a empresa, o repasse não é realizado há quatro meses. 

Obra ainda em execução dia 31 de julho deste ano. Foto: Cecília Rodrigues.

O último retorno das obras aconteceu em julho deste ano. Na ordem de serviço, que aconteceu no dia 05, o prefeito Edson Magalhães disse que a empresa contratou 25 funcionários para começar a obra e o número chegaria a quase 100 empregos. 

Ainda de acordo com o prefeito, quase R$ 6 milhões já constava em conta para o início da obra e outros 6 milhões empenhados. Ele explicou que a obra duraria dois anos. “Durante esses dois anos nós estaremos discutindo com o Ministério da Saúde as parcerias para nós equiparmos o hospital. O município de Guarapari e o governo do Estado farão uma gestão, para que a gente possa então criar uma Parceria Público Privada, atendendo aquilo que é do SUS e aquilo que é privado. Se Deus quiser essa obra vai ter um ritmo acelerado para que em dois anos Guarapari possa ter um hospital de ponta”, afirmou.

Em 31 julho, menos de dois meses de execução da obra, a empresa, juntamente com a prefeitura, declarou que a primeira etapa já estava pronta. 

Reposta. De acordo com a prefeitura, “Durante as obras, na etapa de demolição de algumas estruturas na área central do imóvel, foi verificado que não havia fundação adequada para suportar toda as tensões. Assim, é necessário realizar a reprogramação da obra junto à Caixa Econômica visando aumentar a estrutura metálica, readequação das rampas entre outros.

Com isto, a empresa responsável pela execução dos serviços realizou reunião com o sindicato e seus trabalhadores que aceitaram as condições propostas pela empresa, mantendo todas as leis trabalhistas e, inclusive, o ticket alimentação, durante o período em que as obras estiverem suspensas. Ainda de acordo com a prefeitura a reprogramação dos serviços não vai implicar no prazo de conclusão. “

Institucional MAllagutti
Banner Marcelo
Institucional Basic Idiomas

Câmara Municipal de Guarapari
Padrão

9 COMENTÁRIOS

  1. Guarapari precisa acordar e por gente nova nas próximas eleicoes. Trocar 100%. Se for preciso na outra troca de novo. Devemos parar com a carreira politica de alguns que so pensam no seu umbigo. Os eleitores precisam parar de vender seu voto por um caminhão de areia ou por um churrasco. Seu voto e individual mas a consequência dele e coletiva. ACORDA GUARAPARI.

  2. Bobo é quem acreditou que dessa vez ia pra frente. E o que a empresa contratada fez desde que retomou as obras? Porque continua do mesmo jeito que já estava antes. Piada é o que esse cara faz com a população.

  3. Essa obra sempre foi eleitoreira, observe que em todas eleições o Edson Magalhães promete o hospital, ele e o pessoal dele cansaram de dizer que o Prefeito anterior não fez porque não quiz, esse mesmo prefeito, vendeu o pátio do antigo almoxarifado por mais de quatro milhões, aconversa era construir a nova sede da prefeitura, comprou um terreno o dono queria 300.000,00 ele pagou 1.000.000,00, não construiu nada, nem o pátio nem a prefeitura e o dinheiro sumiu, nesse mandato comprou um presmdio abandonado por alguns milhões próx ao antigo cartin door, tambem pra abrigar a prefeitura, tem uma empresa lá, o serviço vai a passos de tartaruga e não vai sair nada e o dim dim vai desaparecendo sumindo.
    O povo continua se lascando

  4. Pura falta de planejamento financeiro e físico da obra. Pois as informacoes passadas era que o dinheiro tinha. Vai entender.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here