A Polícia Federal do Estado do Espírito Santo deflagrou na manhã desta quarta-feira (02/10) a Operação TERMINAL com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que agia na clonagem de cartões bancários, com atuação nos Estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Ceará.

A operação policial contou com a participação de cerca de 25 policiais, tendo sido cumpridos 09 mandados de prisão e 03 mandados de busca e apreensão nos Estados citados.

IMG_0001
material apreendido pela PF. Foto. PF

Os envolvidos presos na presente data atuam na instalação de equipamentos comumente conhecidos como “chupa-cabras” em terminais de autoatendimento bancário, copiando os dados do cartão e senhas, realizando na sequência saques ilícitos nos mais diversos Estados da Federação.

O interessante da investigação foi comprovar que o grupo criminoso cooptava funcionários de empresas prestadoras de serviços técnicos dos terminais de autoatendimento, como forma de facilitar o acesso ao equipamento, com a instalação e posterior extração dos dados.

Os crimes apurados são o de Furto Qualificado, Extorsão, Estelionato Qualificado e Formação de Quadrilha. Dados preliminares dão conta de que as fraudes realizadas atingem centenas de milhares de reais, podendo chegar à casa dos milhões de reais.

Deixe seu comentário