Banner TOP
JB Padrão

Começou 2018! Para os brasileiros apaixonados e dependentes do carnaval sim, mas, para outros o ano realmente começou no dia primeiro de janeiro. Noves fora, este ano será um ano de muitas emoções. Primeiro no esporte (o Brasil luta pelo hexacampeonato de futebol) e depois na política, não necessariamente nesta ordem, mesmo porque, as emoções na política podem ser dobradas, já que teremos ainda as eleições para as mesas diretoras dos legislativos.

Então, preparem os corações que o segundo semestre de 2018 será daqueles, onde emoções, decepções, traições, discussões, reuniões, alegrias e tristezas farão parte do dia a dia do brasileiro. Mesmo para aqueles que dizem que futebol, política e religião não se discutem, há de se concordar que a língua balança muito quando o assunto é seleção brasileira e seu candidato político.

Deputado Estadual. Noves fora novamente, foquemos nas eleições 2018. Cada cargo em disputa é uma análise, portanto, comecemos pelo de Deputado Estadual que é o mais importante para nossa cidade saúde, no momento. Isto porque, não temos representante na Assembleia e o próximo Deputado Estadual eleito poderá demonstrar como estão/estarão as forças políticas da cidade.

Algo parece claro como luz solar (como diria o causídico) na próxima disputa, considerando os últimos resultados das urnas. Carlos Von é o alvo a ser batido pelo grupo do prefeito, já que ele tem um alto capital eleitoral confirmado. De outro lado temos o(s) candidato(s) do Edson Magalhães.

 

“Carlos Von é o alvo a ser abatido pelo grupo do prefeito, já que ele tem um alto capital eleitoral confirmado.”

Isso mesmo, devido ao seu conhecido humor político o que o torna imprevisível, o prefeito poderá ter não um, mais dois ou mais candidatos. Primeiro, porque está no PSD e a Regional cobra a fatura política. Por outro lado, tem sua velha e conhecida parceria com a raposa da política capixaba o Ferração.

Além de ter se comprometido internamente a lançar nomes para combater o seu maior adverso, o Subscretário de Turismo de Vila Velha, Carlos Von. Então, teremos na primeira fileira da disputa Carlos Von verso os candidatos do prefeito. Nas fileiras seguintes os demais como: Gedson, Dr. Franz, Marcos Borges, Paulina, Jorge Figueiredo, Anselmo Bigossi, Enis Gordinho e outros que ainda virão, mas ainda depende e dependem.

Nas eleições que se aproximam, de um lado está o prefeito, que deseja apagar Carlos Von do mapa político e para isso, não vai medir esforços, não importando se elegerá ou não alguém à Assembleia Legislativa. À disposição desse projeto está o presidente da Câmara, Wendel Lima,  que dança conforme o musical apresentado pelo maestro “Dom Magalhães”.

“Nas eleições que se aproximam, de um lado está o prefeito Edson Magalhçaes, que deseja apagar Carlos Von do mapa político”

Consolidação. No outro lado está Carlos Von, que deseja chegar ao legislativo estadual para se consolidar de vez como liderança política da cidade e mostrar sua capacidade em gerir um mandato. É evidente que a disputa de 2018 trará reflexos importantes para a eleição de 2020. Nesta linha, mais do que uma cadeira no legislativo, está a prova dos noves de quem tem mais força política no município.

No entanto, a luta dessa vez será desigual, pois o Edson está prefeito e isso é um peso considerável, principalmente se a justiça não coibir o uso da máquina pública, se houver. As movimentações indicam que dos perfis dos adversos políticos somente um sofreu alteração, senão vejamos: Edson continua achando que asfaltar ruas é a melhor forma de captação de votos.

Acha que isto fará o povo esquecer os seus três maiores calos advindos de promessas vazias da campanha, a rodoviária, o hospital e o rotativo e os três principais problemas de sua gestão até aqui: as denúncias relativas aos eventos da cidade, o megalomaníaco projeto de Buenos Aires e as desapropriações de interesse público duvidoso.

Por outro lado, Carlos Von adquire experiência administrativa ao lado do grande gestor, Max Filho e está ao lado de um grande nome da política capixaba, César Colnago, entre outros. Uma coisa tanto Edson como Von sabem, se Von ganhar a cadeira de Deputado, Edson pode se preparar para lhe passar as chaves da cidade em 2020, razão pela qual, 2018 será de pura adrenalina.

Institucional Basic Idiomas
Banner Marcelo
Institucional MAllagutti

Padrão

3 COMENTÁRIOS

  1. Alvo a ser abatido pelo grupo do Prefeito?
    Carlos Von está sendo abatido pelo seu próprio grupo, é um monte de gente dizendo que não o apoia mais, porquê? E quando você encontra os chamados “articuladores” do candidato é só gente que não representa o que Guarapari precisa.
    O candidato não presta nenhum serviço relevante para a população de Guarapari, sai daqui e vai para Vila Velha, só chega para pedir votos em período de eleição e vocês acham que quem quer abatê-lo é o grupo do prefeito?

  2. Aiai. Vai começar a ilusão do povo. Promessas, promessas e mais promessas e depois só ferro. Igual Lelo Coimbra, Ferraço e demais deputados do ES. São eleitos pelo povo e depois vão para Brasília votar contra os trabalhadores e nossos interesses. Não mereciam ser reeleitos nunca mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here