O diretório municipal do Partido Social Democrata Cristão (PSDC) de Guarapari, pretende acionar o Ministério Público do Estado, em busca de informações sobre a implantação do estacionamento rotativo em Guarapari que vai começar na próxima quarta-feira (20). (Reveja aqui)

A informação é do presidente do partido na cidade, Anderson Tadeu Arpini que afirmou serem necessários maiores esclarecimentos sobre o projeto. “Nós queremos acompanhar toda essa situação do sistema de rotativo. Acreditamos que a forma que foi feito o contrato é um pouco incompatível com aquilo que a cidade precisa”, disse ele explicando ainda que não concorda com a concessão de 20 anos entre outros detalhes estabelecidos na lei do Rotativo.

Tadeu
Presidente afirma que rotativo é necessários. mas é preciso fiscalizar mais de perto com apoio do MP. Foto: João Thomazelli/Portal27

Assim, em virtude destes questionamentos, o partido através de seu presidente e  seus filiados, decidiu pedir que o Ministério Público acompanhe mais de perto a questão do rotativo em Guarapari. Confira abaixo uma entrevista com o presidente.