Após denúncia anônima, policiais do serviço de inteligência do Batalhão de Missões Especiais (BME) realizaram na noite de ontem (21) uma operação no bairro Vale Encantado, em Vila Velha. De posse das informações, os militares acompanharam as ações de alguns traficantes, que além de drogas, estavam revendendo armas.

Segundo os policiais, um homem foi até o bairro para comercializar uma metralhadora Cobray em troca de duas pistolas. Os envolvidos são traficantes de entorpecentes e tentavam a aquisição do armamento devido à eficiência da arma para a manutenção da atividade criminosa.

“A metralhadora Cobray é um armamento de fabricação norte americana, com cadência de até 1600 tiros por minuto. A leveza e fácil manejo do equipamento faz com que ele seja bastante desejado pelos criminosos. Esta arma, inclusive, é utilizada por forças especiais de diversos países, devido ao seu tamanho compacto e eficiência no regime de tiro”, disse o tenente Reis.

Durante o cerco ao local onde seria concretizada a transação, dois criminosos notaram a presença da polícia e conseguiram fugir, deixando para trás os outros dois traficantes, que foram presos.

unnamed (1)

Apesar da fuga, durante os levantamentos, os policiais conseguiram apreender a metralhadora Cobray, calibre 9 mm, 01 pistola calibre .380 e um revólver calibre .32. No interior da residência onde morava um dos homens que estavam negociando com os outros criminosos, a polícia conseguiu localizar 0,5 kg de maconha prensada e deteve outros três bandidos, totalizando cinco detidos.

O tenente-coronel Ramalho, comandante do BME, reafirmou a importância das denúncias anônimas via 181. “As denúncias possibilitam uma maior agilidade das operações policiais, trazendo resultados mais rápidos e eficazes. Pedimos que as pessoas continuem a denunciar e a confiar no trabalho da Polícia Militar, nos auxiliando no combate à criminalidade”.

Os detidos foram entregues no DPJ de Vila Velha, juntamente com o material apreendido.

Deixe seu comentário

Comments are closed.