O Portal 27 Comunidades recebeu a reclamação de um morador da Praia do Riacho, em Guarapari, sobre um esgoto que está sendo jogado na areia da praia. O comerciante James Graupner, 42 anos, mora em frente ao local e diz que o mau cheiro é insuportável.

“O esgoto fica bem em frente ao prédio em que eu moro. Todos os moradores daqui ficam incomodados com o fedor. Pagamos um IPTU caro e temos que conviver com isso. Já fizeram uma obra utilizando manilhas, na tentativa de conter o problema, mas nada foi resolvido”, relata James, que ainda afirma que quando chove a situação parece piorar.

Veja o vídeo gravado pelo morador:

Além disso, o comerciante também aponta problemas na rua da praia, que parece estar cedendo: “Isso vem acontecendo desde o ano passado, quando a força do mar abriu um buraco e derrubou um poste de videomonitoramento no local. Equipes da prefeitura já estiveram aqui, mas só jogam areia para tapar o buraco e a rua está cedendo cada vez mais. Até uma placa dos Passos de Anchieta já foi derrubada e ninguém veio colocá-la de volta no lugar”.

Esgoto sendo jogado na areia da praia e rua cedendo são reclamações de moradores da Praia do Riacho. Foto: James Graupner/Colaborador

Nossa equipe procurou a Cesan, para pedir esclarecimentos sobre o problema com o esgoto. Em nota, a Companhia disse que “uma equipe da Cesan vai ao local para verificar a situação, e caso seja de responsabilidade da Companhia, tomará as devidas providências. Mas, de antemão, como a descrição se refere a manilhas, e este não é um material usado pela empresa, pode ser o caso de ligações irregulares de esgoto na drenagem pluvial”.

Quanto à questão da rua que está cedendo, a Secretaria Municipal de Obras informou que “já está sendo elaborado um projeto para recuperação do local. O projeto prevê a contenção, a continuação da ciclovia e manutenção do pavimento. Quanto à placa, uma equipe da Secretaria vai, ainda esta semana, até o local para colocá-la no lugar”.

Quer participar do Portal 27 Comunidades? Mande o seu vídeo, foto ou a sua reclamação para o nosso whatsapp (27) 9 9857.2727 

Comments are closed.