A equipe do Procon foi até o local, no Parque da Areia Preta e apreendeu mais de 13 sacos de mercadorias com prazo de validade vencido ou sem procedência.

O Procon de Guarapari, órgão vinculado à Procuradoria Geral do Município, recebeu denúncias de que um estabelecimento de produtos naturais e ligados a alimentação saudável, estava comercializando “produtos vencidos e sem armazenamento correto”, de acordo com informações da Prefeitura de Guarapari.

Dentre os produtos, estavam queijos, geleias, óleo de amêndoa, chá verde, arroz negro, morango desidratado, tomate seco, trigo, suco, iogurte, creme de avelã, milho torrado, mel, palmito, cajuzinho zero, cogumelo, dentre outros.

A ação objetivou resguardar os direitos dos consumidores. A conduta da empresa teria infringido o artigo 18§6º I e II da Lei 8.078/90, o Código de Defesa do Consumidor.

O Procon Municipal orienta aos consumidores para que fiquem atentos aos prazos de validade dos produtos e também às informações de origem, pois a ingestão de um alimento impróprio pode causar sérios danos à saúde. Qualquer denúncia de irregularidades pode ser feita diretamente no Procon ou pelos telefones 3361 4929/32615513/32625149.