Um projeto social que leva o Jiu Jiu-jitsu à crianças e adolescentes em situação de risco social está dando bons resultados na Praia do Morro, em Guarapari. O projeto, que foi criado em 2012, já atendeu a centenas de pessoas que tem no esporte uma nova perspectiva de vida.

“O projeto foi criado com o principal objetivo de tirar os assistidos da ociosidade. Aqui eles aprendem a arte marcial e alimentam o espírito, já que para participar do projeto, a única mensalidade que pedimos é que o aluno tenha o compromisso de vir uma vez por semana à igreja”, explica o pastor Samuel Kneipp, idealizador do projeto.

O projeto atende a crianças e adolescentes de várias idades. Foto: João Thomazelli/Portal 27
O projeto atende a crianças e adolescentes de várias idades. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Kneipp conta que alguns dos alunos já tiveram problemas com drogas e álcool, mas hoje, através do projeto eles estão livres disso. Outra exigência para o aluno é que ele se comporte de forma digna na sociedade e que tenha boas notas na escola, caso estude.

“Nós temos nos destacado nas competições. Tivemos na Copa Pepê este ano e com 12 atletas participando, trouxemos nove de ouro, uma de prata e uma de bronze. Outro atleta nosso foi para Brasília para participar da seletiva do mundial de Abu Dhabi”, completa o pastor, que citou vários outros bons resultados obtidos pelos atletas.

O projeto já está rendendo bons frutos em competições pelo Brasil. Foto: Divulgação
O projeto já está rendendo bons frutos em competições pelo Brasil. Foto: Divulgação

No começo o projeto contava com 8 jovens que treinavam em um tatame de 15 metros quadrados. Três anos depois, o projeto atende 60 jovens e um tatame de 80 metros quadrados. As turmas estão divididas no horário de 20 horas e 22 horas e treinam na segunda, quarta e sexta-feira.

Ajuda. Kneipp agora pede ajuda para continuar com o projeto. “Apesar dos bons resultados, não temos apoio de ninguém. Por isso hoje precisamos de pessoas que tenham interesse em nos ajudar para continuar com este projeto e que mais crianças e adolescentes possam continuar a ter uma opção de lazer e esporte”, finalizou.

As aulas de Jiu-jitsu acontecem no segundo piso da Igreja Leão de Judá, que fica na rua Antônio Lira Monjardim, Praia do Morro, atrás do 22 Sports. Os interessados em colaborar com o projeto podem fazer contato com o pastor através do numero 27-99702-6979.

Deixe seu comentário