Depois de um ano e oito meses sem poder entrar em casa após o incêndio que destruiu vários apartamentos do Edifício Summer Beach, localizado na avenida Beira Mar da Praia do Morro, em Guarapari, finalmente ontem (20) os moradores puderam voltar para seus apartamentos, após receberem o laudo de desinterdição da Defesa Civil Municipal.  

O Incêndio começou na manhã da quarta-feira 19 de abril de 2017, ao lado do prédio na feira Shopping Praia do Morro, após um curto circuito na rede elétrica. O Sindico do prédio, Alexandre Calêndula, que havia acabado de assumir o cargo, comentou a volta dos moradores.

Finalmente ontem (20), os moradores puderam voltar para suas casas, após receberem o laudo de desinterdição da Defesa Civil Municipal.

“Eu sou síndico desde 2017, me elegi em janeiro de 2017 e em abril de 2017 aconteceu o incêndio. Então automaticamente caiu essa missão na minha mão, de reformar esse condomínio entregá-lo da melhor maneira possível. A felicidade é imensa, Eu não sei nem transparecer tanta felicidade, tanta alegria”, disse Alexandre.

Ao todo, são 30 apartamentos no edifício

Ao todo, são 30 apartamentos no edifício. Pelo menos 10 moradores usavam os apartamentos como moradia fixa. “É muito legal ver os moradores retornando para suas casas, moradores que tiveram que voltar para casa de filhos, que tiveram que morar na casa de amigos, que tiveram que pagar aluguel todo esse período, um transtorno realmente imensurável”, explicou Alexandre.

Seguro. Toda a parte externa do prédio foi paga pelo seguro do condomínio, que ficou estimado em R$ 3,2 milhões.  Além das paredes mais afetadas pelo fogo, foi reformado toda a área de lazer, apartamentos, garagem, elevadores, parte elétrica e hidráulica.

Responsável pela administração do prédio, Luciane Pádua, explica que o seguro do prédio cobriu toda a parte danificada pelo fogo, parte de estrutura, piso, instalação elétrica e hidráulica, interfone, elevador.

O engenheiro Ronan Vieira de Carvalho, contratado para avaliar os danos causados, disse que foi preciso fazer toda avaliação de perdas devido ao incêndio. Um laudo avaliando a estrutura do prédio também foi feito para a realização das obras.

Uma construtora executou a reforma desde os reparos na garagem, área de lazer, apartamentos, elevador, ligação de gás, parte elétrica, parte hidráulica. “O fogo não entrou em cada apartamento, mas o calor derreteu grande parte das ligações e encanamentos”, completa Ronan. 

Veja fotos do prédio danificado e como tudo aconteceu: Incêndio: apartamentos danificados, carro incendiado e moradores sem previsão de voltar para casa

Deixe seu comentário

Comments are closed.