No última quarta-feira (17), ocorreu no Hotel Atlântico, a reunião organizada pela Rede de Desenvolvimento de Guarapari (RDG), que teve como pauta o processo de concessão do Radium Hotel, apresentado pelo Subsecretário de Estado de Turismo, Gedson Merizio.

Em um primeiro momento, A RDG apresentou-se: trata-se de um movimento voluntário e suprapartidário que soma conhecimentos e competências com o objetivo de apoiar ações para tornar Guarapari uma cidade sustentável para quem mora e investe localmente.
Em seguida, Gedson Merizio iniciou sua fala, expondo as atualizações no processo de concessão do Radium Hotel, patrimônio histórico e cultural, tombado pelo Conselho Estadual de Cultura (CEC), em 1998.

No última quarta-feira (17), ocorreu, no Hotel Atlântico, a reunião organizada pela Rede de Desenvolvimento de Guarapari (RDG)

Concessões e Parcerias. De acordo com ele, a construção é um importante ativo do Governo do Estado e foi inserido no Programa de Concessões e Parcerias do governo capixaba. O Subsecretário afirma que as expectativas são positivas, pois “o Radium Hotel será importante de duas maneiras para Guarapari: primeiro porque representa o início do turismo na cidade, segundo, porque pode representar a recuperação econômica do turismo do município”.

Propostas. Na ocasião, Merizio salientou que há diferença entre Concessões e Parcerias Público-Privadas (PPP), e afirmou que provavelmente o Radium Hotel será contemplado pela primeira categoria. O Subsecretário ainda disse que é possível acompanhar o andamento desse processo por meio do portal online www.parcerias.es.gov.br Atualmente, o processo encontra-se na etapa de Sondagem de Mercado, portanto, aguarda a submissão de propostas das empresas ao Governo do Estado, essas deverão ser realizadas pelo mesmo portal.

Segundo o Subsecretário de Estado de Turismo, ainda não há nenhuma inscrição no processo de concessão, mas esse se dará da seguinte maneira: ao submeter uma proposta, a empresa imediatamente terá uma reunião agendada com uma comissão avaliadora, em seguida, serão realizadas audiências públicas para que a proposta seja apresentada à população e, assim, se defina o destino do Radium Hotel.

Segundo o Subsecretário de Estado de Turismo, ainda não há nenhuma inscrição no processo de concessão. Foto: Marcelo Moryan

Diálogo. No momento final da reunião, ocorreu uma rodada de perguntas ao Subsecretário, onde levantou-se a possível destinação da construção a um Spa, a fim de fomentar o turismo de saúde. Parte do público presente colocou-se a favor de tal destinação e parte contra, sugerindo outras destinações possíveis. Gedson Merizio enfatizou que “a proposta cabe às empresas” e, quando indagado sobre a real participação da população na tomada de decisão, respondeu que o Governo do Estado busca trabalhar de maneira horizontal, em constante diálogo com a população. Para tal, é fundamental que essa acompanhe o processo de concessão pelo site e se mantenha informada sobre o destino do Radium Hotel, a fim de colaborar com a escolha de uma proposta que beneficie a cidade de Guarapari.

Por Nicolly Credi-Dio

Deixe seu comentário