O Secretário de Estado de Saúde, Nésio Fernandes, pediu, em coletiva de imprensa, que os cidadãos do Espírito Santo não saiam de casa a partir das 8 da noite e aos finais de semana. Essa fala, proferida nesta segunda-feira (14), se referiu ao crescente número de casos confirmados do novo coronavírus e mortes em decorrência da doença em todo o território capixaba.

Na coletiva, novos dados sobre a pandemia foram apresentados.

O secretário alertou às pessoas sobre o respeito às normas de distanciamento social, principalmente diante do verão que se aproxima e das festas de fim de ano. “Nenhuma medida vai impedir que hajam festas íntimas. No entanto, faço um apelo para que possamos reduzir interação social em todos os municípios de risco alto ou moderado, deixando de sair a partir das 20 horas ou nos finais de semana”, afirmou Fernandes. O secretário recomendou que o consumo de álcool também seja reduzido, porque “está associado a comportamentos sociais de alto risco.”

Pedindo o apoio de lideranças religiosos, pais de família e sociedade, o secretário afirmou que deve-se “proteger as pessoas que amamos”. De acordo com Nésio Fernandes, existem formas diferentes de demonstrar afeto a familiares idosos. “As festas de fim de ano poderão levar uma grande quantidade de pessoas aos hospitais. É preciso evitar os comportamentos de risco”, explica Fernandes.