O senador Marcos do Val (PPS) teve seu pedido de urgência para votação do PL 395/2019, que prevê anistia a policiais grevistas, aprovado pela Casa. O projeto, que concede anistia aos militares do Espírito Santo e do Ceará que participaram de greves entre 2011 e 2018, deve ser votado em Plenário na próxima terça-feira (26).

Para Marcos do Val, os policiais são profissionais que dão a vida para defender a população. A anistia, segundo o senador, seria um reconhecimento desse trabalho. “É uma forma de reconhecer que esses profissionais são capazes de dar a vida até por pessoas que criticam o trabalho deles”, afirmou.

Foto: Marcos do Val, ao lado de Styvenson Valentim, defende anistia a policiais de três estados. Roque de Sá/Agência Senado

Marcos lembra que quem foi expulso por processo criminal não entrou na anistia do Governo do Estado do Espírito Santo e só será anistiado caso o projeto seja aprovada pelo Congresso Nacional.

O PL 395/2019, do ex-deputado Alberto Fraga (DEM-DF), prevê a anistia também para militares, policiais civis e agentes penitenciários de Minas Gerais que participaram de movimentos no mesmo período (de 1º de janeiro de 2011 a 7 de maio de 2018). 

A anistia prevista no texto atinge também os crimes próprios de militar previstos no Código Penal Militar (DL 1.001/1969) e os crimes comuns previstos no Código Penal (DL 2.848/1940).

Com informações da Agência Senado.

Deixe seu comentário

Comments are closed.