A sessão extraordinária que votaria o orçamento do município de Guarapari para o ano de 2019 e estava marcada para hoje as 13h, na Câmara Municipal, não aconteceu por falta de quórum. Estavam presentes apenas os seis (6) vereadores da base do prefeito.

Estavam presentes apenas os seis (6) vereadores da base do prefeito.

Independentes. Os 11 parlamentares que agora formam um bloco de maior independência ao prefeito Edson Magalhães, não compareceram. Justificaram suas faltas a vereadora Fernanda Mazzelli (PSD), que está em lua de mel pois acabou de casar e também o vereador Dr. Rogério Zanon (PSB), que tinha um compromisso familiar pré-agendado. Os demais 9 vereadores ainda não justificaram suas faltas.

O líder do prefeito Dito Xareú (SDD), comentou a falta dos colegas. “Uma pena eles não comparecerem. A aprovação do orçamento é muito importante para o município, sem ela nada funciona. Muito vereadores hoje não apareceram nem para votar contra. Quinta feira o orçamento volto para a pauta, vamos ver o que vai acontecer”

Turma do amém. O vereador Denizar Zazá explicou que “Eu tinha uma reunião no palácio do governo. Mas o substitutivo que o prefeito mandou, ele mandou após termos feito várias reuniões para discutir o orçamento. Jamais vamos aprovar uma coisa sem ter discussões, sem ter conhecimento do que vamos fazer e do que ele quer nos empurrar. Essa turma do amém isso acabou. Mandamos um memorando explicando nossa posição sobre esse substitutivo e a coisa tem que ser ampliada e discutida. Temos que colocar as coisas nos lugares certos para ser discutidas. Orçamento é para ser discutido com a comunidade e com os vereadores”, disse. 

Deixe seu comentário

Comments are closed.