Subiu para 23 o número de vítimas fatais do acidente que aconteceu na BR 101, em Guarapari, no último dia 22. A vítima identificada como Domingos Sávio, de 24 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves, em Serra, onde estava internada.

O acidente envolveu uma carreta, um ônibus da viação Águia Branca que vinha de São Paulo para Vitória e duas ambulâncias.

O jovem era um dos passageiros do ônibus e teve 95 % do corpo queimado no acidente. Ele foi a segunda vítima que morreu no hospital após o acidente. O outro ferido que morreu estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e não resistiu aos ferimentos na noite do dia 22.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), 12 vítimas do acidente deram entrada em hospitais da rede pública estadual. Deste total, dois pacientes permanecem internados em estado grave no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves.

Ainda de acordo com a Sesa, os quatro pacientes internados no Hospital Estadual Dório Silva, em Serra, já receberam alta. Das  três vítimas hospitalizadas no Hospital Estadual São Lucas, em Vitória, dois receberam alta e um foi transferido para um hospital da rede particular. O Hospital Estadual Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha,  recebeu um paciente, que também já teve alta médica.

O empresário Jacymar Pretti, dono da empresa responsável pela carreta, foi preso na sexta-feira (23) e solto na noite deste sábado (24).

Liberdade. O empresário Jacymar Pretti, dono da empresa responsável pela carreta envolvida no acidente, foi solto na noite deste sábado (24) . Jacymar foi preso em flagrante na noite de sexta-feira quando se apresentou a delegacia de Delitos de Trânsito para prestar depoimento. Mas a juíza Daniela de Vasconcelos Agapito, da Vara de Iconha, entendeu que não havia embasamento legal para a prisão em flagrante e determinou a soltura.

Deixe seu comentário

Comments are closed.