WhatsApp-Image-20160710 (1)
Os agente da PRF acreditam que a motorista possa ter cochilado ao volante. Foto: Divulgação Whatsapp.

Três pessoas morreram e outras duas ficaram feridas em um grave acidente no quilômetro 311, da BR 101, entre os municípios de Vila Velha e Viana. Os jovens voltavam de um show em Guarapari, quando o carro que estavam caiu dentro do Rio Jucu. O veículo, modelo C3 caiu de uma altura de 8,5 metros após romper a mureta de proteção da rodovia.

O acidente aconteceu por volta das 8h da manhã. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), quem dirigia o Citroën preto era Mayara Azevedo Paganini, 26 anos, que perdeu o controle da direção, bateu na mureta de proteção da ponte sobre o Rio Jucu e, na sequência, o veículo caiu na água.

A motorista foi socorrida consciente. A passageira Juliana da Silveira Vieira, 19, prima de Mayara, que estava no banco de trás, também foi resgatada e está em estado grave. Ela chegou a ser entubada ainda no local. Os jovens Thiago Lazarini Sabino, 25, noivo da motorista que estava no banco do carona, Hyohan Lucas de Freitas Nunes, 20, e Luiz Henrique Vieira Souza, 19, morreram na hora.

WhatsApp-Image-20160710
A equipe do Corpo de Bombeiros retirou o as sobreviventes os corpos das vítimas. Foto: Divulgação Whatsapp.

De acordo com o agente da PRF Saulo Rocha, a motorista do veículo havia consumido bebida alcoólica. Ela realizou o teste do bafômetro, com resultado de 0,24 decigramas de álcool por litro de ar expelido. O limite para crime de embriaguez é 0,34 mg/l. “Esse resultado não é o suficiente para autuar pelo crime de embriaguez, porém gera multa e comprova que ela ingeriu bebidas na festa”, afirmou o agente.

Os policiais ainda afirmaram que a própria motorista, ao ser socorrida, afirmou que havia bebido, assim como todas as outras pessoas que estavam no carro. Os agente da PRF acreditam na hipótese de que a motorista possa ter cochilado ao volante, visto que não haviam marcas de frenagem na pista e o fato do veículo ter se arrastado pela mureta, antes de cair no rio.

Os corpos das vítimas que morreram foram encaminhados para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, onde aguardam liberação dos familiares. O trânsito ficou interrompido por horas, até todo o trabalho de remoção fosse realizado pela equipe da Eco 101, e só foi liberado por volta das 11 horas.

Com informações do Gazeta Online

Deixe seu comentário

Comments are closed.