O valão que corta pelo menos três bairros de Guarapari e despeja toneladas de esgoto no manguezal de Jabaraí vai ser urbanizado. A ordem de serviço ainda não foi dada oficialmente, mas já é possível ver a movimentação de caminhões deixando as manilhas que serão usadas na obra.

O valão recebe esgoto de três bairros antes de chegar ao rio Perocão. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Ao todo serão 4,3 quilômetros de manilhamento a um custo total de quase R$ 3,6 milhões. A previsão é de que depois de dada a ordem de serviço, a obra demore 12 meses para ser concluída.

Desde o início da atual gestão, a secretaria de meio ambiente tem tentado combater as ligações clandestinas de esgoto na rede de drenagem pluvial, em parceria com a Cesan, que tem o programa “Se Liga na Rede”, dezenas de casas e condomínios foram notificados na Praia do Morro. ao todo, até o momento, foram feitas 158 notificações e aplicadas 88 multas em casas e prédios.

As manilhas já estão sendo transportadas para o local.

Apesar da urbanização do valão, o esgoto vai continuar sendo despejado no mangue e a prefeitura informou que vai continuar com o programa para tentar conscientizar os moradores da importância de se ligar na rede coletora de esgoto.

Asfaltamento da continuação da Paris

O manilhamento do valão é parte do projeto do asfaltamento da estrada de terra que começa no Bairro Aeroporto e segue até o viaduto do contorno da Rodosol.

O projeto é uma das primeiras obras prometidas pelo prefeito Edson Magalhães ao assumir a atual administração. O intuito é desafogar o fluxo de veículos, principalmente daqueles que chegam à cidade através da Rodovia do Sol com destino à praia do Morro.

A prefeitura ressaltou que a rede de drenagem (manilhamento do valão) será feita pelo próprio município e a vencedora da licitação ficará responsável pelo asfaltamento e urbanização da estrada. Ainda não há data definida para o início das obras.

Deixe seu comentário

Comments are closed.