Em sessão realizada na tarde de hoje (22) na Câmara Municipal, o vereador Germano Borges, do PSB, anunciou que desiste de disputar a reeleição ao cargo de vereador. Ao Portal 27, o vereador explicou os motivos. “Aconteceu um erro da nossa direção partidária, que acabou fazendo a documentação toda irregular, dando entrada no registro dos candidatos fora da data, o que acabou prejudicando toda a chapa”, desabafou o vereador.

Germano levantou debate sobre a saúde.
“Erro acabou prejudicando toda a chapa”, afirma Germano Borges.

Segundo Germano, além de indeferir a candidatura dos vereadores, esse erro, prejudicou também a chapa majoritária, que tinha Gedson Merízio como candidato a prefeito. Ontem Gedson desistiu de disputar a eleição para prefeito.

Germano disse que recorrer dessa decisão seria muito desgastante. “É tanto recurso que você sabe que não vai para lugar nenhum, por que esse erro é grave. Um erro irreparável do partido, um partido grande como o PSB, mas sem competência para elaborar uma ata para uma eleição municipal”, criticou.

Além de Germano, o vereador Ronaldo Tainha também do PSB, já havia desistido na semana passada.  “Não adianta eu ficar enganando os eleitores. E depois? Vai votar e esse voto vai ser computado aonde?  Tem que ser franco, verdadeiro. O partido errou e nós estamos pagando o preço. Eu tinha uma eleição garantida, milhares de pessoas me ligando por causa desse acontecimento”, disse.

O vereador diz que vai apoiar algum candidato ligado à saúde. “A minha luta, a minha bandeira foi sempre brigando pela saúde e nós vamos escolher uma pessoa que tenha uma ligação com a saúde, para ajudar principalmente os carentes de Guarapari ”, finalizou

Deixe seu comentário

Comments are closed.