O vereador Marcos Grijó (PDT), protocolou um Projeto de Resolução na Câmara de Guarapari, para acabar com o recesso dos vereadores durante o mês de julho. O projeto altera o Capitulo 2 do Regimento Interno, determinando que a Câmara irá se reunir de 15 de fevereiro até 28 de dezembro sem o recesso, ou a pausa, do mês de julho.

Marcos Grijó quer fim do recesso dos vereadores durante o mês de julho

Justificativa. Em sua justificativa no projeto o vereador alega que “Tendo em vista que o recesso ocorre apenas para a realização das Sessões Ordinárias, que os responsáveis pela Vereança devem e continuam a realizar a sua labuta diária. Entendemos que a ausência de sessões Ordinárias tornasse algo obsoleto, que pode ainda causar descontentamento a população Guarapariense, que anseia e necessita acompanhar as ações praticadas pelos seus representantes”, explica.

Lei Orgânica. O vereador também propôs alterações na Lei Orgânica, em seu artigo 33, para que ela fique com o mesmo teor do Regimento Interno. Ela ainda justifica citando legislações federais e pede que os colegas de Câmara apoiem a ideia.

Mais sessões. Ainda de acordo com a justificativa do vereador. “Além do mais no período de recesso parlamentar somente as sessões deixam de ocorrer, uma vez que os parlamentares continuam na Casa desenvolvendo suas atividades normalmente. Com a redução do período regimental de recesso teremos mais sessões e reuniões, com um número maior de projeto em tramitação, mais decisões tomadas sempre em prol da coletividade”.  O projeto deve ir para apreciação e votação dos vereadores assim que a Câmara retornar no mês de agosto.

Deixe seu comentário