O Serviço de Videomonitoramento, realizado pela Prefeitura de Guarapari, flagrou  mais uma ação de extração irregular de areia na Rodovia Paulo Borges, no bairro Lameirão. No mesmo instante a equipe informou a prática irregular a Polícia Militar e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente. No local foram encontradas provas de que pelo menos três pessoas estavam cometendo tal ato criminoso.

Foram aprendidas ferramentas de escavação, uma carroça e um animal que foi encaminhado ao Centro de Controle de Zoonoses. O burro já havia sido usado em outra ocasião para cometer esse crime.

Os acusados conseguiram fugir, mas foram aprendidas ferramentas de escavação, uma carroça e um animal que foi encaminhado ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). Ao chegar no CCZ, a equipe da Sema foi surpreendida com a informação de que este animal já tinha sido recolhido anteriormente e foi furtado do pátio utilizado pelo CCZ para manter os animais apreendidos. Na época, foi realizado o boletim de ocorrência e o animal estava sendo monitorado através de um microchip que é colocado em todo animal resgatado pelo CCZ, através disso é possível saber o nome do proprietário, a residência e outros dados importantes para a saúde do mesmo.

A Sema reitera que ações para coibir a prática irregular de extração de areia continuaram a ser realizadas, uma vez que se trata de crime ambiental previsto em lei. Várias provas da prática irregular foram coletadas e irão contribuir para a investigação de outros casos já flagrados pela Central de Videomonitoramento.

Deixe seu comentário

Comments are closed.