Dois homens foram presos na manhã de ontem (4), acusados de roubarem aparelhos telefônicos durante o show que aconteceu no espaço do Kart Indoor em Guarapari. Rogério Lopes da Silva do estado de São Paulo e Tarcísio Santos da Silva da Bahia, foram presos em um hotel na cidade. A polícia conseguiu chegar até eles, através do rastreador do celular de uma das vítimas, que procurou a Polícia Militar durante a manhã de domingo.

Após a chegada da polícia no quarto do hotel, os acusados jogaram uma sacola com 28 aparelhos pela janela. Dentro do quarto, a Polícia também encontrou outros cinco aparelhos de celular etiquetados com nomes. A namorada de um dos suspeitos estava no local, mas conseguiu fugir. Rogério e Tarcísio negaram o furto e disseram que estavam em Guarapari para trazer a namorada de um dos rapazes para fazer vestibular. No entanto, os dois continuam detidos.

celular roubado
Dos 28 celulares recuperados, apenas 10 foram devolvidos aos respectivos donos até a manhã de hoje.

Após a divulgação da foto dos aparelhos recuperados, muitas pessoas que tiveram o celular roubado foram ao DPJ.

A 5° Delegacia Regional de Guarapari ficou movimentada durante o domingo. Quase 200 pessoas registraram ocorrência pelo mesmo motivo: furto de aparelho telefônico durante o show da cantora Ivete Sangalo, que começou na noite de sábado e terminou na madrugada de domingo.

P1000642
Quase 200 ocorrências foram registradas por furto de celular no DPJ de Guarapari. Foto: João Thomazelli

Os furtos aconteceram durante todo o show. De acordo com a polícia, os criminosos aproveitaram de brigas que acontecem no show e de momentos de distração das vítimas para cometer os crimes. E algumas das confusões formadas, são promovidas pelos próprios criminosos, para se aproveitarem da ocasião.

Muitas pessoas que estavam curtindo o show e foram assaltadas dentro do evento, relataram à nossa equipe que a segurança falhou. “Em primeiro lugar, a segurança e a organização eram péssimas. Na maioria dos casos um marginal ia atrás da vítima e esperava um momento em que ela estaria distraída ou no meio da bagunça, abria o bolso e furtava o celular. Eu até senti no momento. Cheguei a fechar o bolso uma vez, mas quando me dei conta já era”, contou ​o atendente, ​​José Neto,​ que teve o aparelho de celular roubado.

Ainda de acordo com ele, o show foi muito bom, mas a falta de segurança atrapalhou a diversão. “Show da Ivete e companhia foi irado! Porém, nunca vi tanta gente perder ou ter o celular roubado. Vergonha Guarapari”, diz ele.

Durante a limpeza do local, também foram encontradas dezenas de carteiras de identidade, carteiras de trabalho e outros documentos, que foram entregues na delegacia da cidade. Segundo a polícia, quem pretende recuperar algum documento ou celular roubado que se encontra na delegacia, deve fazer boletim de ocorrência e apresentar nota fiscal do aparelho no próprio nome.

Deixe seu comentário