Sejamos sinceros aqui. Muitas pessoas não gostam de falar sobre política. Mas isso é uma atitude nada inteligente. Afinal, se você não escolhe acertadamente seus candidatos, alguém sempre escolherá por você. Irreversivelmente. Isso é o que vem acontecendo no nosso país, e em senso restrito, em Guarapari, já há um bom tempo. É difícil acreditar que muitos destes políticos que aí vemos tenham se auto reeleito. Nenhum candidato se autoelege ou auto reelege, se o eleitor não votar nele.

Vereadores instauraram comissão para investigar licitações no município. Foto: João Thomazelli/Portal 27
“Muita gente anda dizendo que temos que renovar todos os vereadores.”. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Muita gente anda dizendo que temos que renovar todos os vereadores. À primeira vista, parece ser é atraente a opção radical por uma “limpa” completa na casa legislativa de Guarapari. Mas devemos também alertar para que se tome cuidado com soluções mágicas para muito da miséria da nossa representação política local. Nesse momento, quem tem memória curta, deve discordar dessa última frase.

A falta de comprometimento por parte da maioria esmagadora dos vereadores que compõem a atual gestão, com a sociedade que os elegeu, é vergonhoso demais. Que o diga o dia em que a câmara não permitiu que os diretores das escolas municipais fossem escolhidos pela comunidade, corpo docente e discente, mas, que continuasse sendo cargo comissionado, que o diga o dia em que aprovaram, em plena crise financeira, a criação de mais uma secretaria e consequentemente, a criação de mais dez cargos comissionados, que o diga a situação do envolvimento de parlamentares da cidade em “supostos esquemas de corrupção em 2013”, que o diga o silêncio cavalal da câmara de Guarapari, quando o pedágio da Rodosol aumentou furtivamente, que o diga o fato incontestável de não termos visto nenhum dos dezessete vereadores colocando a cara na reta para ajudar a sociedade de Guarapari a derrubar o decreto municipal que obrigava os ônibus intermunicipais a somente pararem dentro da rodoviária.

os vereadores votarão amanhã a proposta da prefeitura de aumento de 3% para os servidores.
“Mas, a verdade é que vem eleição e vai eleição e muitos legislativos continuam do mesmo jeito,”

Poderíamos passar um bom tempo aqui, pensando e pontuando sobre essas mazelas. Mas, a verdade é que vem eleição e vai eleição e muitos legislativos continuam do mesmo jeito, ou até piores. São podres moralmente, sem eficiência ética e péssimos exemplos de conduta Cristã.

As campanhas do tipo “Não reeleja ninguém!” ou “Vamos votar nulo!” erram por não tocarem no ponto mais fundamental da cidadania, sem o qual não se consegue desenvolver uma cultura de ética, transparência e eficiência em qualquer instância do poder público, que é o exercício – pelos cidadãos – do controle social sobre mandatos, governos e orçamentos públicos. Além da adesão em massa de todos os cidadãos à campanha “Ficha Limpa”, que vai impedir que verdadeiros bandidos usem a câmara como “escudo” contra a Justiça.

Foto: João Thomazelli/Portal 27
“Diante dos noticiários, parece até que nem temos bons políticos.”Foto: João Thomazelli/Portal 27

Sem essa consciência, o que estaremos fazendo nada mais é do que trocar seis gatunos por meia dúzia gente sem expressão. Além de punir os bons políticos, que denunciam os maus e ainda servem de exemplo para novas gerações de parlamentares. Diante dos noticiários, parece até que nem temos bons políticos. Mas, a verdade é que eles existem, embora, ainda sejam poucos. Somos forçados a admitir, apesar de ser uma condição muito rara, que existe, sim, político honesto, e que está tentando prestar bons serviços à sociedade.

E como é que vamos saber disso? Fiscalizando, buscando informações, informando-se sobre o que o seu candidato está fazendo, monitorando, exigindo prestação de contas etc. Político é cargo público. Se não agradou a sociedade, se maculou seu mandato, se sujou sua reputação, se queimou seu filme num momento ou noutro de sua gestão, etc., então, tá fora! Não tem segredo, não! Pisou fora da faixa, já era! Muitos “políticos”, quando no exercício de suas funções, costumam ser implacáveis e frios. Muitos deles não sabem nem quais são suas funções. Assim como são com a sociedade, a mesma sociedade também deve ser com eles, sem papa nem trava na língua.

Vereadores de Guarapari votaram a favor do fim do voto secreto. Foto: João Thomazelli/Portal 27
“Outro erro crasso é a campanha para o voto nulo ou em branco. “Foto: João Thomazelli/Portal 27

Outro erro crasso é a campanha para o voto nulo ou em branco. Admitamos que é quase impossível conseguir anular uma eleição. O certo mesmo é escolher um candidato, nem que o critério de escolha seja o do “menos pior”. O candidato não fez aquilo que prometeu, está votando contra aquilo que você acredita? Aí sim, nunca mais vote nele. “Com quatro anos não mostrou serviço!? Tá fora!”. Factualmente, essa última legislatura da Câmara de Vereadores de Guarapari está sendo considerada uma das piores dos últimos tempos. Com muito esforço, salva-se um ou dois. Mas trocar toda a bancada em nada adiantará.

Em quem você vai votar? Escolher o primeiro candidato que aparecer? Votar em alguém só porque esse candidato um dia lhe beneficiou? Esperar outros quatro anos para fazer tudo novamente? Votar só porque o cara ou a madame é morador (a) do bairro? Não adianta.

Temos mesmo é que melhorar a qualidade de nosso voto; temos que trocar informações e mostrar – não induzir – às pessoas mais humildes, principalmente, que seus votos não devem ser trocados por um prato de churrasco na comunidade, por uma capa de asfalto em frente a sua casa, pela construção de uma rodoviária recheada de incertezas, por promessas infundadas e desconexas com a realidade etc. Essa é a única forma de termos menos corruptos na gestão política da cidade, e asseclas se perpetuando no poder local, e não somente.

Fiscalize, cobre, exija, opine, critique reivindique, ligue, chegue junto e participe da gestão de seu candidato caso ele ganhe. Tartaruga em cima de árvore, ou foi enchente, ou mão de gente. A tartaruga é um bicho que não sobe em árvore. Se os políticos corruptos estão no poder, é porque foram colados lá, e isso por meio do voto direto. Depois não adianta nada reclamar.

Deixe seu comentário