Rejeitada por mais de 93% dos brasileiros, Dilma Rousseff, a atual Presidente do Brasil, tem o cetro nas mãos, na mesma época em que o Deputado Eduardo Cunha do PMDB (aquele que tem a bala de prata nas mangas), desenvolve seu ministério. O cenário é de filme de faroeste. Enquanto um atira de um lado, o outro se defende e dispara do outro.

dilma_aeA gestão Dilma Rousseff tem sido classificada como uma das piores gestões da nação brasileira. Seus crimes não são apenas políticos. Sua culpa foi maior por permitir a propagação da mentira na campanha pela corrida da presidência e por deixar que o país tenha um governo paralelo: o “governo” de Luiz Inácio Lula da Silva, que é quem, efetivamente, dita as regras.

Esses dias ela deu mais uma evidência da ausência de que possui uma faculdade mental sã, ao dizer que em seu governo não tem corrupção. O Brasil tem sido oceânicamente punido com terríveis períodos de retração na atividade econômica, queda no nível da produção, aumento cavalal do desemprego (a cada oito segundos e meio um brasileiro perde seu lugar debaixo do sol no mercado de trabalho), tombo crescente na renda familiar, redução da taxa de lucro, aumento expressivo do número de falências e concordatas, subida notória da capacidade ociosa e crasso escorrego do nível de investimento (e olha que nem tocamos no tema corrupção).

A nação está assolada por males sem precedentes. O negócio, definitivamente, não está fácil para ninguém. O comportamento réprobro e ignóbil dessa gestão que comete pecado em não ouvir as vozes das ruas, acaba por ser interpretado negativamente, ao ponto de que a conhecida frase “a casa da mãe Joana”, daqui há alguns dias (se não agirmos a tempo), será substituída por “A casa da mãe Dilma”; e isso tornar-se-a um padrão para referir-se, particularmente, a reversos e bem como a uma nação gerenciada por qualquer ímprobro e insano, como se pode perceber.Kleberson Sergio de Andrade

Kleberson Sergio de Andrade

Pastor Batista, Professor de Filosofia, Sociologia, Teologia, Ética e Cidadania, Bacharel em Teologia, Pós graduado em Ética, Filosofia, Educação, Docência do Ensino Superior, Capelania Hospitalar, Licenciado em Filosofia e Sociologia e Acadêmico de Psicanálise.

Deixe seu comentário