JB Padrão
Banner TOP
Ribero e Padua

Um homem foi morto a tiros na tarde de hoje (26) no Bairro Coroado, em Guarapari. O crime aconteceu por volta das 15 horas na rua Amazonas, na subida para o cemitério.

Testemunhas afirmaram que cinco homens se aproximaram de Rudinei de Oliveira da Silva, 28 anos, e começaram a disparar. Ele ainda tentou correr morro acima, mas foi alvejado várias vezes nas costas e acabou morrendo no local.

Peritos da Polícia Civil encontraram 31 perfurações no corpo de Rudinei. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Peritos da Polícia Civil encontraram 31 perfurações no corpo de Rudinei. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Uma mulher que passava na rua foi atingida no tornozelo por um dos disparos. Ela foi socorrida por uma radiopatrulha e levada para a Unidade de Pronto Atendimento do Bairro Ipiranga. Ela não corre risco de morrer.

A família de Rudinei não quis comentar o caso, mas um irmão disse que ele já foi preso pela Lei Maria da Penha. Pessoas que estiveram no local afirmaram que Rudinei teria envolvimento com o tráfico de drogas na região e que este seria o motivo do homicídio.

Uma munição calibre 38 foi encontrada próxima oa corpo. foto: João Thomazelli/Portal 27
Uma munição calibre 38 foi encontrada próxima oa corpo. foto: João Thomazelli/Portal 27

“Tinha muita gente querendo matar ele. Ele estava no movimento e acho que arrumou problema com alguém” contou uma mulher que mora na rua e pediu para não ser identificada.

Os peritos da Polícia Civil estiveram no local e identificaram 31 perfurações no corpo de Rudinei. Uma munição calibre 38 e uma bucha de maconha foram localizadas próximo ao corpo da vítima.

A polícia chegou a fazer buscas na região, mas nenhum suspeito foi localizado. O corpo de Rudinei foi levado para o Departamento Médico Legal de Vitória.

Uma bucha de maconha também foi encontrada. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Uma bucha de maconha também foi encontrada. Foto: João Thomazelli/Portal 27

A polícia pede para que denúncias sobre o crime sejam feitas pelo número 181. Qualquer informação pode ser usada para identificar os criminosos. Não é necessário se identificar.

Vinte e nove dias sem mortes

A morte de Rudinei de Oliveira da Silva, na tarde de hoje quebrou um período de 29 dias sem homicídios em Guarapari. O último registro foi no dia 27 de junho quando uma adolescente foi atingida na cabeça por um tiro acidental disparado pela arma do primo. (veja aqui).

De acordo com a polícia, a diminuição dos crimes de homicídio são motivados pelas constantes operações policiais para coibir o tráfico de entorpecentes na cidade, principal motivador de crimes deste tipo na cidade.

Veja o momento em que os peritos chegaram ao local do crime:

Ideally
Camara Municipal de Guarapari – Participe

Institucional MAllagutti
Banner Marcelo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here