Enquanto no Estado os professores estão em greve há um mês, a prefeitura de Piúma irá atender a classe dos professores da rede municipal de ensino, concedendo o aumento pedido pela categoria de 17,08%. A prefeitura vai atender ainda, os pedidos de progressão por merecimento, no total de 3% de cinco em cinco anos.

professores_2O beneficio do reenquadramento será concedido a partir do mês de maio, de acordo com a nova tabela. A prefeitura vai pagar ainda o debito referente aos meses de janeiro a abril.

A progressão por tempo de serviço fica mantida de acordo com a lei 1.969/2013, com previsão de dois em dois anos, no percentual de 3%.

Para efetivar o acordo, o município pediu através do Sindiupes, que o mesmo cancele a paralisação prevista para o dia (19). Foi pedido ainda que a assembleia programada para o dia (20), seja feita fora do horário de aulas, para não prejudicar os alunos e o calendário.

Samuel explicou o andamento de seu governo.
Samuel diz que classe tem que ser valorizada.

Para o prefeito Samuel Zuqui, o acordo valoriza os professores. “Educação é uma das prioridades em nossa administração. Além da estrutura física, com a reforma e construção de escolas e creches, estamos valorizando também os nossos professores. Eles são os responsáveis por ensinar nossos filhos, garantindo assim, o futuro da nossa cidade, com cidadãos conscientes dos seus deveres”, disse.

Deixe seu comentário