Após denúncias de que havia um homem comandando o comércio de drogas em Buenos Aires, região rural de Guarapari, o Batalhão de Missões Especiais (BME) da Polícia Militar seguiu para averiguar a situação.

Rodrigo disse à Polícia que era o jardineiro do sítio.
Rodrigo disse à polícia que era o jardineiro do sítio.

Eles receberam informações de que um veículo modelo Peugeot preto era usado para entregar drogas em Guarapari. A partir dessa informação, foram interceptados vários carros na localidade, até que encontraram um Peugeot 207, dirigido por Rodrigo Azolin de Oliveiro, de 31 anos. Junto com ele, estavam dois menores, bastante nervosos com toda a situação.

Os policiais fizeram vários questionamentos, até que eles mencionaram ser filhos de um traficante procurado pelo BME. Rodrigo disse aos policiais que seria jardineiro e o carro era do chefe dele.

“Nós já tínhamos o nome da pessoa que estava traficando no local. Fizemos uma barreira e abordamos vários veículos na localidade. Quando achamos esses três rapazes, começamos a interrogar e eles acabaram confessando de quem eram filhos”, explicou o Sargento Freire.

Ainda de acordo com o sargento, os ocupantes não estavam com drogas dentro do veículo, apenas indícios de matérias. “Dentro do carro, encontramos diversos papelotes para embalo de drogas e um odor muito forte. Após interrogatório, eles falaram onde estavam as drogas. Nós seguimos com eles até o sítio, e encontramos os entorpecentes”, disse.

Filhos do tráfico.

Os dois menores afirmaram ser filhos de Paulo Geovane Ferreira Xavier, de 36 anos, suspeito de comandar o tráfico de drogas na região Buenos Aires.

Todo material apreendido foi levado para o DPJ de Guarapari.
Todo material apreendido foi levado para o DPJ de Guarapari.

Dentro da casa, foram encontrados 4,5kg de pasta base de cocaína, uma pistola nove milímetros, três mil reais em espécie, 39 dólares, três balanças de precisão e jóias. O condutor do veículo, Rodrigo Azolin, foi detido encaminhado ao DPJ. Ele vai responder pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico, podendo pegar até 20 anos. Os adolescentes foram apreendidos por tráfico e associação ao tráfico.

A detenção do traficante.

O Grupo de Apoio Operacional da PM de Guarapari (GAO) recebeu alerta do Ciodes de que o traficante Paulo Geovane estaria nas redondezas.

Para pegá-lo, os PMs montaram um cerco no trevo de Buenos Aires e pararam um Corola prata, com placa DMM 8142. Dentro do carro estavam Margarete Valério da Silva, 32 anos, um adolescente que teria vindo de Santa Rita (Vila Velha) para traficar junto com Paulo Geovane, que também estava no carro.

Os detidos foram encaminhados para presídios do estado.
Os detidos foram encaminhados para presídios do estado.

Cirurgia.

Os três estavam vindo de Vitória, onde o líder da quadrilha tinha acabado de realizar uma cirurgia no olho esquerdo. Todos foram presos. Margarete e Paulo vão responder por tráfico, associação ao tráfico e porte ilegal de armas. Paulo já tem passagens pela polícia por tráfico de drogas, homicídio e receptação. O menor foi apreendido e será encaminhado às unidades cabíveis. A operação começou às 16h e terminou por volta das 22h de ontem (9).

Deixe seu comentário