A chuva que cai desde o início da semana, teve um ponto crítico nesta quinta-feira (8). Várias cidades do Estado estão sentindo os efeitos das chuvas com ruas alagadas e vários outros problemas de locomoção.

Piúma, Anchieta, Guarapari e toda a Grande Vitória ficaram com várias ruas alagadas e trânsito lento. Segundo a Defesa Civil Municipal de Guarapari, nenhuma ocorrência foi registrada até o momento, e foi a cidade que apresentou maior acúmulo de chuvas nas últimas 24 horas. 

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e o Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe) emitiram avisos meteorológicos de acumulado de chuva para o Estado nesses próximos dois dias, que deve continuar na sexta-feira (09). A previsão do Inmet é de que o acumulado de chuva fique entre 30 a 60 mm/h ou 50 a 100 mm/dia.

Municípios. O alerta é para 73 municípios das regiões serrana, metropolitana, Caparaó, sul (litoral e central), nordeste, noroeste, centro-oeste e na região do Rio Doce. O grau de severidade para o aviso é de perigo.

Ainda de acordo com o aviso, há risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios nas cidades com tais áreas de risco. Já o Inpe emitiu um aviso de atenção de acumulado expressivo de chuva para os 78 municípios capixabas a partir das 9 horas de sexta-feira. De acordo com o aviso meteorológico, a região mais atingida deverá ser a Grande Vitória.

Outros Estados. Além do Espírito Santo, o Inpe informa ainda que nos municípios do Rio de Janeiro e de Minas Gerais estão dentro da área de alerta. Há risco moderado para ocorrência de fenômeno meteorológico adverso dentro das próximas 72 horas.