Na série de reportagens que o Portal 27 está fazendo em homenagem aos 124 anos de Guarapari, diversos tópicos estão sendo abordados, entre eles a cultura. No município, ainda carecemos de incentivos do poder público no movimento cultural. A Trupe Maratimba, companhia de artes cênicas criada em 2014, é um dos exemplos de luta pela valorização da arte na cidade.

Priscilla criou a companhia em 2014. Foto: Reprodução / Facebook
Priscilla criou a companhia em 2014. Foto: Reprodução / Facebook

Priscilla Arranz é uma atriz profissional e foi quem criou a Trupe, a partir de uma oficina fornecida por ela. Alguns participantes da oficina demonstraram grande interesse pela arte e ela os convidou para formar um grupo, com a intenção de fazer apresentações pela cidade a fora.

A denominação Trupe Maratimba foi uma escolha dos participantes junto com Priscilla. A ideia era chamar a atenção pelo fato de estarem fazendo teatro em um lugar que não possui um teatro de verdade, de forma simples, do jeito que fosse possível, sem deixar de fazer por não ter incentivo, apoio ou, principalmente, espaço para atuar.

A atriz explica que o grupo ainda não produziu um grande espetáculo, que demanda, além do espaço, recursos como figurino, iluminação e sonoplastia. No entanto, planos para isso não faltam. Com a campanha “Eu quero um teatro em Guarapari”, que já possui mais de duas mil curtidas no Facebook, o grupo solicita a construção de um local que não seja apenas próprio para apresentações teatrais, mas também um ponto de referência cultural na cidade.

trupe maratimba 3
Foto: Reprodução / Facebook

Quando questionada quanto aos benefícios do teatro na vida das pessoas, Priscilla explica que esta arte promove a experiência, ajuda na timidez e na expressão corporal, facilitando em situações como apresentações de trabalho na escola ou faculdade e também em dinâmicas de grupo.

Apesar da falta de incentivo do poder público, Priscilla trabalha com teatro desde 2002 e diz que sempre foi em busca de pessoas que tivessem os mesmos sonhos que os dela, de ver a arte ganhar assistência no município. “Vi muito movimento nascer e muito movimento morrer. Pela primeira vez eu estou vendo que existe uma vontade dos artistas locais. Estamos em um momento de união, trabalhando juntos”, relata a atriz.

Cortejo Artístico

Em homenagem ao Dia Mundial do Teatro, comemorado em 27 de março, um cortejo artístico saiu pelas ruas de Guarapari buscando reforçar o pedido da campanha por um teatro no município. O movimento foi organizado pela Trupe Maratimba, o Sinestesia – Criatividade Coletiva, a banda Mary Di, o Consciente Coletivo, a Dançarte Núcleo de Danças e o Projeto Fênix, todos grandes incentivadores da arte.

Oficina

trupe maratimba 4
Foto: Reprodução / Facebook

Com duas peças em fase de produção, a Trupe está em busca de pessoas que estejam interessadas em participar do elenco. A Priscilla está com uma oficina de teatro em aberto, que acontece todas as quartas-feiras, das 19h30 às 21h, voltada para jovens e adultos. Serão oito encontros e quem estiver disposto a continuar já se torna parte da Trupe e irá integrar a produção das peças.

Para mais informações sobre a oficina, entre em contato pelo telefone (27) 99877-9331 ou envie e-mail para trupe_maratimba@gmail.com.

*Por Gessika Avila

Deixe seu comentário