O caso do assalto a uma distribuidora de bebidas que terminou com a morte de dois assaltantes, de 19 e 21 anos, no mês de março e que estava sendo investigado pela Delegacia Especializada de Investigações Criminais terminou com o indiciamento do suspeito de efetuar os disparos, que inclusive está preso por outro homicídio em Guarapari.

O homem tem 39 anos e foi indiciado pelo crime de duplo homicídio, já que as investigações demonstraram que houve excesso da parte dele. Depois de ter contido os assaltantes nos primeiros disparos, o homem se aproximou e efetuou outros tiros a queima roupa, matando os dois no local.

Crime ocorreu em março deste ano em uma distribuidora de bebidas.

“O que leva ao indiciamento dele é o fato de que, após efetuar os primeiros disparos, que foram feitos em legítima defesa, ele se aproximou dos dois assaltantes e disparou novamente contra ambos, praticamente a queima roupa. Após isso, o indiciado se apoderou da arma que estava com um dos alvejados e a colocou dentro do próprio carro”, comentou o delegado titular da Deic em Guarapari, Guilherme Eugênio.

No entanto, o homem está preso em flagrante desde março, suspeito de ser o autor de um outro homicídio, desta vez contra um senhor de 67 anos. Ambos estavam em um bar na região de São Félix, quando ele sacou a arma e foi para trás do idoso, sem nenhum motivo aparente, e disparou nas costas. A arma foi a mesma que matou os assaltantes na distribuidora.

Relembre o caso da distribuidora clicando na matéria abaixo:

Dois homens mortos a tiros na noite desta sexta em Guarapari | Portal 27 – Notícias de Guarapari e região

Deixe seu comentário