Alguns moradores de Guarapari têm percebido uma situação que tem gerado incômodo e desconforto. Dependendo das correntes marítimas, um forte odor proveniente do canal da cidade tem causado reclamações constantes.

Funcionária de uma loja de roupas no centro e moradora de Meaípe, Cintia Ferreira, reclama do mau cheiro. “Às vezes quanto estou neste novo ponto que tem na descida da ponte  vem aquele cheiro forte. Parece esgoto mesmo, muito forte”, disse ela.

Moradora do Parque Areia Preta, a cerimonialista Keyla Correa, diz que mau cheiro seria mais similar ao de peixes. “É como se fosse peixe passado ou restos de mariscos. Mas isso ocorre esporadicamente”, explicou ela.

Segundo Tetê, a cor do mar da Prainha e Praia do Morro muda e o mau cheiro vem forte. Foto: Tetê Loureiro Brandolini

A ambientalista e turismóloga Tetê Loureiro Brandolini, afirma que a situação é grave. “Já observei que são mais fortes nas marés vazantes. A cor do mar muda. Fica uma água amarronzada como uma língua que se destaca no verde do mar em vários locais da prainha, da Praia do Morro e de todo o canal. Do Meu apartamento dá para ver e sentir o desastre ambiental ocorrendo”, desabafa ela.

Ela, que também faz parte de vários conselhos em Guarapari, diz que o cheiro é tão forte que precisa trancar o apartamento onde mora. “Tenho passado mal com o odor. Sinto náuseas e enjoos. Me sinto dentro de um tanque de esgoto. Parece ovos podres. Cadê os responsáveis? ”, pergunta.

Respostas. Procuramos o DER que é responsável pela obra do canal, para saber se esse mau cheiro, teria a ver com as obras e o mesmo nos respondeu apenas que “O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES) implantou, aproximadamente, 1000 metros de rede de drenagem, galerias e tubulares, por onde passarão água de chuvas”, disse o departamento através de nota, alegando que mais informações deveriam ser consultadas com a prefeitura.

Odor teria aumentado após as obras do Canal de Guarapari.Foto: Wilcler Lopes/Portal27

Ligações Clandestinas. Procuramos a prefeitura para comentar o assunto e a mesma nos respondeu que vai investigar a situação e possíveis ligações clandestinas. “A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) informa que já encaminhou um ofício para a Cesan solicitando uma listagem atualizada dos imóveis irregulares, ou seja, aqueles que não possuem ligação de esgoto sanitário ao sistema de esgotamento da Cesan. Essa lista inclui todas as regiões do município, inclusive a região questionada na matéria.

No último dia 14, a equipe da secretaria realizou uma reunião com a Cesan, em que ficou esclarecido que Guarapari possui um Plano Municipal de Saneamento.

A Sema tem providenciado uma ação conjunta com a Secretaria Municipal de Fiscalização, Secretaria Municipal de Saúde e Cesan, visando adotar medidas necessárias, inclusive notificação de imóveis que estão em situação irregular e que tenham ligações de esgoto clandestinas.

Deixe seu comentário

Comments are closed.