O congestionamento do trânsito nos horários de entrada e saída das escolas Ignes Massad Cola, no Itapebussu, e Lúcia Sasso Bandeira, em Muquiçaba, está preocupando o transportador escolar, Robson Santos Siqueira, que precisa enfrentá-lo de segunda a sexta para levar crianças para as escolas.

Robson fala que os trânsito dessas duas escolas precisa de uma intervenção urgente. Foto: arquivo pessoal.

Ele fala que o congestionamento está caótico no local. “Não tem como passar ali, nessas duas escolas a situação está insustentável. Os carros ficam parados mais de 20 minutos nos trechos na frente das escolas. Minha preocupação não é só no meu caso, que me atrasa, mas tem muito pais que ficam agarrados ali e também se atrasam para ir para o trabalho. Sem falar no risco que as crianças que vão a pé correm ali, com todo esse caos, elas podem ser atropeladas”, diz Robson.

O registro do trânsito em frente a escola Lúcia Sasso. Foto: arquivo pessoal.

Robson fala que uma solução seria proibir o estacionamento em um dos lados da via. “O ideal seria que a rua dessas escolas fosse mão única, mas acredito isso seria impossível acontecer. Mas proibir o estacionamento em um dos lados da rua já ajudaria muito. Ficam aquela fila de carros dos dois lados, e sobra apenas um espaço muito pequeno para os carros transitarem. O trânsito nessas ruas deveria ser analisado”, comenta.

O motorista de van escolar comenta ainda que se houvesse um agente fiscalizador no local, o trânsito fluiria melhor. “Se colocassem ali um agente de trânsito fiscalizando motoristas infratores e ajudando a organizar os veículos que precisam para e os vão continuar, tanto o trânsito, quanto a segurança das escolas seria bem melhor”, afirma.

O Portal 27 procurou a prefeitura, que através de nota, informou que “O interessado em denunciar pode ir até à Secretaria Municipal de Postura e Trânsito – Septran para formalizar a solicitação. Após a formalização do requerimento, uma equipe de fiscais irá ao local para análise da situação bem como avaliar quais medidas pode ser adotadas. A Septran econtra-se situada a Rua Josias Ceruti, nº 717, Praia do Morro, ao lado do DPJ”, afirmou a prefeitura.

 

Deixe seu comentário

Comments are closed.