A rodovia que deve retirar o tráfego pesado de caminhões do centro de Iconha, no Sul do Estado, pode começar ainda neste mês de julho. A expectativa da concessionária Eco 101, que administra a BR 101, é que as obras do Contorno de Iconha se iniciem após liberação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

iconha
A expectativa é que as obras do Contorno de Iconha se iniciem ainda neste mês.
eco-101
As informações foram divulgadas em uma reunião que aconteceu em Cachoeiro.

O gerente de engenharia da Eco 101, Luiz Salvador, afirmou que a previsão é que receba a Licença de Instalação ainda neste mês. A obra da via, que terá quase 8 quilômetros, é um dos trechos mais aguardados na região. “Nos reunimos com a diretoria do Ibama na semana passada, que nos indicou a liberação na primeira semana de julho. Mas, vamos aguardar até o fim deste mês”, relatou.

Luiz Salvador contou ainda que as empresas que farão o Contorno de Iconha estão contratadas e aguardando a liberação para início das obras. A previsão de conclusão, segundo o cronograma da concessionária, é em 12 meses, no segundo semestre de 2017.Até o fim deste ano, a Eco 101 pretende também receber do Ibama a liberação para dar início à duplicação da rodovia federal. Dos quatro trechos iniciados no Estado, dois estão no Sul do Estado – em Itapemirim e Anchieta.“Essas obras do contorno de Iconha e demais trechos que iniciamos a duplicação, em 2017 serão concluídas. As demais, de Viana a Atílio Vivácqua, nosso cronograma é de que sejam concluídas até 2019 e esse licenciamento deve sair neste segundo semestre de 2016”, comentou.



Obras em debate. Além do cronograma de obras da BR 101 Sul, a expectativa do início das obras do Porto Central, que será instalado em Presidente Kennedy, foram assuntos debatidos durante em encontro empresarial, em Cachoeiro de Itapemirim.

O diretor do porto, José Maria Novaes, ressaltou que obras dependem ainda das licenças ambientais e dos avanços comerciais, com clientes âncoras, que devem iniciar as operações. Apesar disso, o momento é de otimismo, uma vez que o empreendimento é um dos mais aguardados no Estado.

“Estamos esperançosos que tudo se resolva até o segundo semestre de 2017 e a operação assim comece em 2020. O porto acaba sendo indutor de crescimento, para quem produz e presta serviços. De uma forma geral o setor produtivo acaba sendo beneficiado”, frisou o diretor.

O evento foi promovido pelo Movimento Empresarial do Sul do Estado (Meses). A presidente do grupo, Maria Helena Vargas, reforçou a importância do encontro. “Um deles é a duplicação da BR 101, que está em andamento. Era mais para gente saber se conseguirão fazer dentro do prazo. Já o porto central pode mudar todo o panorama da economia, se vier a se concretizar. Saímos daqui com boas notícias. São empreendimentos de médio e longo prazo, mais de grande importância para a região”, disse.

Fonte: Gazeta Online

Banner Marcelo
Institucional MAllagutti
Institucional M Conveniências [banner top]
Institucional Karla
Institucional Basic Idiomas

Institucional Flex Motors [banner final]
Dia D Docutum


1 COMENTÁRIO

  1. Aprenda 5 estratégias que vão turbinar seus resultados no marketing digital.
    Amplie sua visão sobre tráfego e conversão de forma descomplicada, clara e objetiva.

    Descubra como detectar e eliminar os erros que sempre detonam seus resultados.
    Cliue no meu nome e veja.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here