De 28 a 31 de julho aconteceu em todo o sul do estado a operação Cerco Tático. Ao todo, 3.436 pessoas e 2.291 veículos foram abordados. Duas armas de fogo foram apreendidas e seis pessoas detidas.

Cachoeiro de Itapemirim foi alvo de várias operações policiais. A polícia agiu em pontos estratégicos e cumpriu diversos mandados de busca e apreensão.
Cachoeiro de Itapemirim foi alvo de várias operações policiais. A polícia agiu em pontos estratégicos e cumpriu diversos mandados de busca e apreensão.

No trânsito, 208 autos de infração foram confeccionados, 36 foram veículos foram apreendidos e cinco recuperados. Nove CNHs foram apreendidas.

No bairro Alto Independência, Cachoeiro de Itapemirim, policiais militares do Grupo de Apoio Operacional (GAO) abordaram um indivíduo chamado Luiz Claudio Ferreira, 29 anos, vulgo “Claudinho Orelha”. Com ele foi encontrado um revólver calibre 38 e a quantia de R$ 5.600,00 em espécie. O suspeito estava acompanhado de uma mulher que também foi encaminha ao DPJ.

Próximo ao local da abordagem havia um veículo estacionado em local irregular, que foi removido e encaminhado ao pátio.

No bairro BNH, também em Cachoeiro, os militares se depararam com dois elementos em uma motocicleta sem placa. Imediatamente, a guarnição deu voz de parada, o que não foi obedecido pelos indivíduos que empreenderam em fuga pelo bairro em alta velocidade realizando manobras perigosas. A guarnição realizou o acompanhamento e conseguiu abordar a motocicleta.

O suspeito estava acompanhado de uma mulher que também foi encaminha ao DPJ.
O suspeito estava acompanhado de uma mulher que também foi encaminha ao DPJ.

Na busca pessoal do indivíduo identificado por Valter Palomba Bento, 23 anos, foi localizado em sua cintura um revólver calibre 22. Com o outro abordado, nada foi encontrado. A guarnição deu voz de prisão aos abordados.

Na região de São Francisco de Assis, ainda em Cachoeiro de Itapemirim, os militares se depararam com um indivíduo empurrando uma motocicleta. Ao realizarem a abordagem, os policiais perceberam que o chassi estava coberto com fita isolante e ao retirá-la constataram que o local onde deveria estar a numeração do chassi estava cortado. O indivíduo que empurrava a motocicleta informou que o veículo não era de sua propriedade.

Participaram da operação aproximadamente 300 policiais militares.
Participaram da operação aproximadamente 300 policiais militares.

Foi constatado ainda que contra o suspeito havia um mandado de prisão pelo crime de furto expedido pela Comarca de Jerônimo Monteiro. O conduzido juntamente com a motocicleta apreendida foi encaminhado ao DPJ local.

Participaram da operação aproximadamente 300 policiais militares.

Deixe seu comentário