O pedreiro Carlos Miguel Lopes, conhecido como Carlinhos, de 55 anos, morreu ao cair do terceiro andar de um prédio em construção, no bairro Muquiçaba, em Guarapari. A tábua de madeira que servia de apoio pelo lado de fora do prédio cedeu e Carlinhos caiu de uma altura de 8 metros.

O acidente aconteceu por volta de 13 horas desta terça-feira, logo após o horário de almoço. Carlinhos já tinha uma masseira pronta, e estava começando a rebocar mais uma parte da fachada, quando a madeira cedeu.

“Ele chegou do almoço e logo foi dar continuidade aos trabalhos. Passou coisa de minuto, e ouvimos um barulho enorme. Corremos para ver, e já encontramos o Carlinhos no chão. Chamamos o Samu. Eles demoraram quase 20 minutos. O óbito foi atestado aqui na calçada. É muito triste. Ele era uma pessoa muito do bem”, disse o vizinho da obra.

O pedreiro estava trabalhando na obra há quatro dias. “Ele sempre foi muito requisitado. Nunca estava parado. Nessa obra, não sabemos ao certo com quem foram as contratações. Ver que ele morreu trabalhando é muito triste”, comentou os familiares.

Carlinhos não usava nenhum tipo de equipamento de segurança. A tábua de madeira usada do lado de fora do prédio, funcionava como um andaime improvisado. O pedreiro caiu por cima de outras tábuas de madeira que estavam na calçada da obra.

Segundo testemunhas, o responsável pela obra esteve no local. O dono do prédio e o pedreiro eram amigos de longa data. A Polícia Militar está no local aguardando a chegada do rabecão da Polícia Civil. O corpo será encaminhado para o DML de Vitória.