Dois jovens apontados como suspeitos de matarem a estudante Diana Oliveira, 15 anos, no último dia 22 de agosto, em Guarapari, foram presos ontem em Nova Venécia, no Norte do Estado, em uma boca de fumo. Um dos detidos é Welington Rosa dos Anjos, que namorava a garota. O outro suspeito foi identificado apenas como Paulo Henrique.

execucao_familia_culpa_namorado_por_morte_de_adole__d982ff7b70

De acordo com informações da família da jovem, a polícia recebeu uma denúncia sobre uma boca de fumo e foi fazer a averiguação do local. Ao chegar lá encontrou algumas pessoas, inclusive os dois suspeitos.

Com a dupla foram encontradas três buchas de maconha e cerca de R$ 1.900. Na delegacia da cidade, os dois chegaram a dar o nome falso, mas acabaram sendo identificados.

Ao pesquisar os antecedentes dos dois, a polícia viu que eles tinham mandado de prisão em aberto, em Guarapari. A família dela também deve comparecer à delegacia para fazer o reconhecimento do rapaz.

O crime

Diana Oliveira foi encontrada morta em uma estrada de Guarapari. Ela fazia um trabalho sobre a violência contra a mulher e acabou assassinada com 13 tiros. Para a família, o namorado é o principal suspeito.

O delegado responsável pelo caso, Robson Damasceno, já havia pedido a prisão preventiva do namorado da jovem e também do amigo.

Diana morava no bairro Jaburuna, em Vila Velha, e estudava na escola Polivalente da Glória. Há quatro meses, começou a namorar com um rapaz de 20 anos, morador do bairro Guaranhuns, também em Vila Velha. Mas a família sempre desconfiou das atitudes do rapaz, revela o irmão da jovem, um marinheiro de 22 anos.

“Ele chegava na nossa casa e ia direto para o quarto dela. Parecia que estava sempre com raiva. Tanto que a Diana sempre perguntava se ele não estava vendo que estávamos na sala, se não ia dar bom dia”, disse.

Fonte: A Gazeta

Deixe seu comentário