O preço da gasolina no Brasil vai subir a partir do próximo domingo, dia 1º de fevereiro, e Guarapari não fica de fora. Nesta quinta-feira, o governo federal publicou, no Diário Oficial da União, o Decreto 8.394, que prevê a elevação dos impostos PIS/Cofins sobre a gasolina, o que deverá elevar o preço do litro em R$ 0,22. No caso do diesel, a alta deverá ser de R$ 0,15 por litro. Com a medida, a expectativa do governo é arrecadar R$ 12,18 bilhões em 2015.

gasolina no Tigrão em Janeiro/2015
Preço do combustível no Posto do Tigrão, que fica as margens da BR 10, em Guarapari. Foto: Roberta Bourguignon.

Na cidade saúde, com o aumento, a gasolina passa de R$ 3,09, no posto de gasolina mais barato, para R$ 3,31. E entre os postos de combustíveis da região central do município, o preço pode ultrapassar a R$ 3,60 com a gasolina aditivada.

Para Carlos Hoffman, dono de posto na cidade, o segundo aumento em 2015, é consequência de um erro do Governo Federal, uma vez que levou muito tempo para mexer no preço dos combustíveis, e por isso precisou anunciar dois aumentos em tão pouco tempo. “O governo demorou em realizar o aumento durante os anos anteriores, e agora, resolveu reparar o prejuízo que a Petrobras levou, com esses aumentos um tanto quanto impactantes”.

Koehler Urges Higher Gas Prices
2015 pode apresentar mais aumentos no preço do combustível.

E ainda de acordo com ele, 2015 pode sofrer mais aumentos. E se o preço na cidade venha ser auto, é devido aos grandes impostos cobrados por cada litro de combustível. “São 65% de impostos que já taxados, mais o frete para Guarapari, a distribuidora também cobra uma margem do posto, que também precisa ter a sua margem para as despesas”, explica Carlos.

No entanto, a Petrobras esclarece que vai repassar esse custo na venda das refinarias para as distribuidoras, com o aumento do PIS e Cofins, já que a elevação da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) — tributo que voltará a incidir sobre os combustíveis — precisará de 90 dias para ser implementada. Na prática, quando a Cide subir, em maio, as alíquotas do PIS e da Cofins serão reduzidas na mesma proporção.

E diante de tantos cálculos, quem acaba pagando a mais, é o consumidor final. Segundo o proprietário do Posto Dino, o Espírito Santo tem o 4º combustível mais caro do país, e o preço da gasolina no Brasil é 63% mais alto, do que os demais países.

Deixe seu comentário