O presidente do Sindicato dos Rodoviários de Guarapari (Sintrovig), Wallace Belmiro Fornaciari, 49, mais conhecido como Barão, foi morto a tiros dentro do carro na madrugada de hoje (09). O crime aconteceu no bairro Alvorada, próximo à garagem da Viação Sanremo, em Vila Velha, onde morava.

Wallace Barão deixa esposa e dois filhos, um de 21 anos e outra de 14 anos.

De acordo com informações da Polícia Civil, Barão levou dois tiros na cabeça, à queima-roupa, do lado direito. Ele estava no banco do motorista do próprio carro, um Volkswagen Voyage prata.

A polícia acredita que o atirador estava dentro do veículo, no banco do carona, pois não existem marcas de tiros do lado de fora do automóvel.  Barão era presidente do sindicato há pelo menos 5 anos, morava em Vila Velha e estava se dirigindo para Guarapari, para impedir os rodoviários de circularem por conta da insegurança na cidade.

Na sede do Sindicato dos Rodoviários em Guarapari, o Portal27 obteve informações sobre o crime. Eles acreditam que o assassinato pode ter sido motivado por  vingança porque muitos documentos assinados por ele não beneficiava algumas pessoas. “É triste a gente pensar assim, mas ele foi morto pelo lado do carona. Temos a informação de que havia uma pessoa conhecida com ele, mas essa pessoa sumiu”, disse.

A sede do sindicato foi vítima da ação de bandidos na madrugada de terça-feira (07) e a diretoria calcula um prejuízo de aproximadamente 20 mil reais. Confira na matéria.