Como publicado pelo Portal 27, na semana passada, com as chuvas fortes, o teto da Escola Florisbela passou por problemas e com a entrada de água dentro da instituição, as aulas foram suspensas. Os bombeiros e a Defesa Civil foram chamados pela diretora da escola e interditaram algumas salas.

Essa semana, o Portal 27 procurou a Prefeitura para saber se os reparos já haviam sido feitos e a administração municipal nos informou que já está tudo certo na unidade.  Agora, a Prefeitura aguarda a visita da Defesa Civil para que os espaços interditados sejam liberados.

Nota da Prefeitura

Após as fortes chuvas entre os dias 18 e 20 de março a escola Florisbela Lino Bandeira apresentou em algumas salas vazamento de águas de chuva. A diretora solicitou a Defesa Civil Estadual visita de avaliação no local.

Foi constatado que o grande volume de águas de chuva vazou pelo telhado e calha de chuva, afetando o auditório e duas salas de uso Multifuncional. Todos os reparos foram providenciados imediatamente pela secretaria da Educação.

A escola suspendeu as aulas por dois dias para os reparos, retornando às atividades desde o dia 22 de março. A equipe técnica da Rede Física da Secretaria Municipal da Educação (SEMED) juntamente com a arquiteta estiveram no local acompanhando os serviços, e após, com aval da Defesa Civil, a unidade retornou às aulas e não representa riscos que comprometem a segurança das pessoas.

Em visita a unidade é possível constatar que não há sinais de infiltrações e nem indícios de rachaduras ou trincas na estrutura da escola. O problema foi diagnosticado apenas no telhado que inclusive já recebeu os reparos necessários com substituição de telhas e mantas de proteção. Nenhuma sala de aula encontra-se interditada, apenas as salas de uso multifuncional e o auditório, que aguardam parecer final da Defesa Civil.

A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.
A Defesa Civil já foi chamada para avaliar e liberar o uso das salas. Foto: ASCOM/Prefeitura de Guarapari.

 

Deixe seu comentário