Um mineiro de 29 anos caiu da cobertura de um prédio na orla da Praia do Morro, na noite de ontem, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.  

Rodrigo Barbosa Passos, estava morando com a avó, de 81 anos, e de acordo com os vizinhos costumava mexer no ar condicionado que sempre apresentava problemas.  

O mineiro caiu da cobertura do prédio enquanto mexia no ar condicionado.

Foi por volta das 18h, quando seus pais chegavam de Ouro Preto (MG), ele mexia no ar condicionado pela parte de fora do prédio, se desequilibrou e acabou caindo.  

“O portão estava abrindo para o carro dos pais dele entrar. Eles estavam estacionando na parte de dentro da calçada do prédio para descarregar as malas. A mãe do menino é que dirigia o carro. Um barulho muito alto surgiu, e a irmã do menino desceu o prédio correndo para ver o que havia acontecido com ele. Os pais foram juntos e viram ele morto. Eles estavam chegando de viagem para visitar o filho vivo, não morto. Foi muito desesperador”, conta uma vizinha que viu tudo, mas preferiu não ser identificada.  

O corpo do menino caiu em um beco que fica entre dois prédios. A Polícia Militar foi acionada. Os militares solicitaram a presença do SAMU, que confirmou a morte do rapaz.  

A família, ainda em estado de choque, preferiu não dar entrevistas. Ela contou apenas que os dois moravam com a avó há algum tempo, e que os pais vinham esporadicamente para visitá-los.  

Os moradores do prédio disseram que cada andar possui 2,30 metros de altura, e calculam que o rapaz tenha caído de uma altura de 14 metros.  

A família não soube informar se ele será enterrado em Guarapari ou em Ouro Preto, sua cidade natal. O corpo do mineiro foi levado para o Departamento Médico Legal (DML), em Vitória.  

Deixe seu comentário

Comments are closed.