A CPI da saúde da Câmara Municipal de Guarapari, formada pelos vereadores Jorge Figueiredo (PP), Manoel da Ki delicia (PT) e Oziel Pereira (PPS), realizou uma audiência com o Subsecretário Estadual de Saúde, Geraldo Queiroz e o Vice Governador Givaldo Vieira na segunda-feira (08), onde apresentaram diversos relatórios relativos aos trabalhos, que investigam a situação da saúde na cidade, que estão em fase final.

Os vereadores cobraram ainda do Estado, urgência na questão da falta de maternidade da cidade. “Estamos em fase de fechamento da CPI, mas fomos também pedir providencias do Estado para que ajudem a cidade na questão da maternidade”, explicou o relator da CPI, vereador Manoel da Ki-delicia (PT).

1063924_691192810896106_1355796995_o
Vereadores discutiram a situação da saúde da cidade.

Ainda de acordo com ele, para a solução do problema existe a possibilidade de um Hospital de Cachoeiro, que pretende comprar o Hospital Nossa Senhora da Conceição, localizado no bairro Ipiranga. “Eles tem preferencia em comprar. Mas se não conseguirem e houver algum problema, o prefeito em reunião hoje conosco, já se disponibilizou em ajudar”, disse o vereador.

inaugUPAI17
Projetada para ser uma unidade de pronto atendimento. UPAI Zilda Arns, pode virar maternidade.

De acordo com o vereador, a ideia do prefeito Orly Gomes (DEM) é oferecer a Unidade de Pronto Atendimento Infantil (UPAI), localizada na Praia do Morro, de forma que a unidade funcione como uma maternidade.

O relator explicou ainda que na segunda feira (15), uma equipe técnica do governo e membros do hospital de Cachoeiro, devem vir até a cidade para definir a situação. “Acredito que na semana que vem, no máximo até quarta feira, teremos uma definição da maternidade em Guarapari”, disse.

Deixe seu comentário