Após decisão do juiz Gustavo Marçal da Silva e Silva, que obrigou a Câmara a recolocá-lo no cargo, o vereador de Guarapari, Dito Xaréu (SDD), participou na tarde de hoje (26) de uma sessão extraordinária para votar as contas do ex-prefeito Orly Gomes referentes ao ano de 2014.

Dito Xaréu (ao centro), participou na tarde de hoje (26) de uma sessão extraordinária.

CPI. O vereador é investigado por uma Comissão Processante (CPI) da Câmara, por supostamente estar envolvido em áudios que tratam de propina. Ele negou que os áudios são dele e entrou na justiça com um Mandado de Segurança para retornar ao cargo.

O juiz aceitou os argumentos e mandou a Câmara retornar com o vereador. A decisão, porém, não paralisou a CPI que o investiga e tem até 180 dias para dar um parecer sobre o caso dos áudios. Ouça abaixo os áudios.

Deixe seu comentário