O delegado da Divisão de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio, Luiz Carlos Claret Pascoal, informou que amanhã, às 16h, o inquérito será entregue no Fórum e que dois mandados de prisão estarão anexados. Ele acredita que existem provas suficientes para decretar a prisão.

Delegado preferiu não citar nomes. Foto: Wilcler Carvalho Lopes.
Delegado preferiu não citar nomes. Foto: Wilcler Carvalho Lopes.

Suspeitos

Ele não quis confirmar a informação da A Gazeta de hoje  (17) de que os dois que terão a prisão decretada são Jorge Ramos e Lincoln Bruno. Entretanto, ele garantiu que são quatro vereadores citados no inquérito.

DSCN2925

O vereador Lincoln Bruno não quis falar com a imprensa após prestar depoimento. Seu advogado disse que devido ao inquérito estar correndo em segredo de justiça, ele só irá se pronunciar amanhã.

Deixe seu comentário